domingo, 14 de setembro de 2008

Guia de Compras na Internet

Com a popularização da internet, cada dia vêm aumentando o número de pessoas que fazem compras on-line, seja por falta de tempo, preço, praticidade ou comodidade. Porém para muitos o maior problema é o medo de não chegar o produto, ser enganado e para que isso não ocorra é bom recorrer a sites conhecidos, buscar outras opiniões. A maioria das lojas que utilizam os correios fornecem um código de rastreamento do produto em que é possível ver onde o produto está.

Para compras em sites não há muito mistério, procure lojas conhecidas como:
americanas.com
submarino
fastshop
Agora, se você busca além da comodidade, o fator preço o mercadolivre é o lugar certo, porém há um certo receio em comprar, para isso tenha em mente alguns pontos que devem ser observados.

- muitas lojas trabalham no mercadolivre e não são mais os vendedores domésticos..
- ao fazer a busca pelo seu produto, irá aparecer uma lista imensa de páginas e páginas. As ofertas que aparecem na primeira página são de pessoas ou lojas que pagam para ficar no topo.
- Agora observe as qualificações, um número alto como de 1000 para cima mostra que é um vendedor e comprador assíduo, a qualificação em % deve estar entre 98% e 100% e os que tiver 98% de aprovação é necessário observar o que houve para ele ser 'negativado', assim como a réplica do vendedor. Eu mesmo desisti de uma compra, após uma negativação e o vendedor não dar uma réplica a altura e responder com palavrões e insultar o comprador.

- Fique com um pé atrás com valores abaixo do mercado. O mercadolivre possui valores atrativos, mas um valor abaixo dos padrões do ML pode ser furada. Por ex: Um produto custa 300 reais no shopping, no mercadolivre, em média você encontra por 200 e tem um vendedor que está oferecendo por 160. Observe os comentarios, qualificações, reclamações, e se tudo estiver ok, vá em frente.

- Veja as últimas vendas e comentários e se possuem muito tempo dese a última transação.
- Pergunte ao vendedor, não custa nada.
- Dê o lance só quando tiver certeza para não ser negativado.
- observe o valor do frete e formas de pagamento.
- mesmo que não more na mesma cidade, pergunte se um amigo, parente pode retirar o produto e pagar na hora (é um indício de que o produto existe)
- sedex a cobrar e mercado pago são outras formas que podem encarecer, mas dão mais segurança.

Boas Compras!

Marcadores: , , , ,

4 Comentários:

Blogger Rafaela Oliveira disse...

Ah!post novo.
Comentando o post:
Compras pela internet exigem menos esforços,e as vezes o produto é até hiper barato,mais com o frete fica um absurdo,além de as vezes não é tão seguro,confio só nos sites que você citou primeiro mas nunca tive permissão alguma pra comprar algo pela internet,e nunca foi necessário também.

Repondendo o seu comentário:

Não,não tem ciclovia alguma,pelo menos por aqui perto não tem nenhuma,provavelmente lá pro centro tenha,não sei direito,e ninguém anda nas calçadas,andam na rua mesmo,e sim,é hiper perigoso.
A falta de respeito para com o próximo hoje em dia é muito grande.
Meu irmão mesmo,vai pra academia [que fica no colégio] de bicicleta,e a minha mãe odeia isso,eu também não gosto,é preferível ir a pé mesmo.Apesar de que o trânsito pra esse rumo aqui nem é tão grande,só em horário de pico mesmo,ouvi dizerem na rádio que mais pro centro tá um caos,ainda bem que eu nem vou pra lá :P

É,só esperar pra ver se vai realmente melhorar,as propostas são várias né,esperamos que sejam colocadas em prática e tudo mais.

14 de setembro de 2008 21:06  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

Já ouvi dizerem que EBAY [acho que é isso] é bem seguro também.
Comprar importados sai na vantagem,porque acredito eu,aqui na minha cidade não são muitas lojas que vendem.
E além da praticidade também.
Quem sabe quando eu crescer eu compre algo pela internet.
E tem muitas coisas tentadoras :)

15 de setembro de 2008 15:28  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

Ah,eu me conheço um pouco e tudo mais,e essa busca do seu próprio eu é com o tempo,mesmo que demore um dia a gente se conhece por inteiro,ou não.
Mais eu só escrevi o texto mesmo inspirada em..não lembro :/

-----------------------
Olha só,você está me ensinando coisas HAHA!
Alfândega é uma droga,e cartão de crédito internacional meus pais tem,eu que não tenho,por sorte deles HAHA!

16 de setembro de 2008 15:38  
Blogger Ellen Regina disse...

Pois é, eu nunca me senti à vontada para comprar no mercado livre... falta ainda um pouco de segurança. Em outros Outros, compras pela net... sempre!

16 de setembro de 2008 23:42  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial