sábado, 13 de setembro de 2008

Eleições 2008


Mais um ano de eleição e promessas não faltam, e uma das questões que precisam de urgência é o trânsito de São Paulo. Quem nunca chegou atrasado para um compromisso, que atire a primeira pedra. Aliás, quem sempre sai antes prevendo o trânsito e mesmo assim chega atrasado e quando sai antes e não pega trânsito e acaba chegando cedo, e dependendo do compromisso fica um bom tempo em um tédio total. Sim, o trânsito faz parte de nossas vidas.

Várias propostas como ampliação de corredores de ônibus, linhas de metrô e a inusitada proposta do canditado Maluf da "freeway" que seria algumas pistas criadas em cima do rio Tietê, que ao meu ver não passa de mais um estímulo ao uso de transporte individual.

Apesar de eu usar o transporte individual, acabo demorando mais se usar o metrô e ônibus. Várias propostas sugerem a criação de mais linhas de metrô e concluir as que estão em construção, mas até concluí-las o paulistano terá que aguardar mais um pouco, e vi algumas propostas para aumentar as faixas em algumas avenidas que se for para o ônibus não há problemas, pois apesar de ficar uns 6 meses em um caos no fim valerá a pena.

Analise as propostas dos candidatos não só na área de transporte, mas em todas as outras, como saúde, educação, infra-estrutura.
Então, vote consciente. Faça o uso do seu voto, do seu direito.

5 Comentários:

Blogger Rafaela Oliveira disse...

Trânsito ultimamente anda terrível.
Não sei o de SP porque eu nem sou daí,mais o daqui também não é lá essas coisas,o número de carros aumenta significativamente a cada dia,e as pessoas acham que isso vai ajudá-las,mais na verdade NÃO ajuda não.
Se candidatos a prefeitos e vereadores e não sei mais o que fosse capazes de resolver esses problemões do mundo atual em menos de 4 anos seria uma Benção.
Acredito que criar mais viadultos,sei lá,ajudaria bastante.

Parabéns pelo blog.

13 de setembro de 2008 22:41  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

É verdade o que você disse.
Então seria legal se inventassem tipo "viadultos" pra trens ou ônibus,sei lá,exclusivo entende?
No Japão por ex. a cidade vai crescendo pra cima,então se aqui crescesse pra cima com "transportes" rápidos e de fácil acesso seria bem interessante.
E se a quantidade de automóveis fosse limitada,por ex. dia de segunda-feira limite de carros nas ruas de 250 e de bicicleta de 3 mil HAHA,iria ficar lotada de bicicletas,pelo menos não teria tanta poluição.
Mas pra esse problema ser resolvido tem que ser bem planejado,muito bem planejado por pessoas inteligentes e de ótima qualidade ^^
São Paulo seria maravilhosa se o trânsito fosse harmonioso.

14 de setembro de 2008 11:24  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

Mais ai em Sp não existe assim,um dia carros com placas saem outro dia não,essas coisas ou algo do gênero?
E não é respeitado?
Agora o problema de mudança da consiência é mais complicado,mais se não tem como mudar a consiência de alguns pelo menos tem como mudar a situação,nem tudo é perfeito e esse assunto é muito complexo..exige muito tempo de "pensamento".
As vezes eu fico sem argumentos pra assuntos relacionados a consiência e sociedade e várias coisas do gênero.

14 de setembro de 2008 14:38  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

Ah!mais que povinho mais complicado,tem 2 carros pra não ficar sem carro?
Vish!

Então a solução seria a mudança de combustíveis pra proteção do meio ambiente,ou então os carros serem de ótima qualidade e de um preço hiper alto,ai as pessoas não terão alternativas e andaram de transporte coletivo.Ou sei lá,minhas alternativas andam fracas em pleno domingo -.-'

Aqui na minha cidade,existem as bicicletas recaregáveis,e um tanto de gente tem sabe?
E tem aquele projeto de carona,um carro tem que estar com a quantidade de pessoas certas,se cabe 5 tem que ter 5,só não sei se esse projeto foi pra frente aqui.
E o prefeito queria construir ciclovia,mais pra construir uma ciclovia primeiro teria que construir um metrô,ai a ciclovia passaria por cima do metrô.

14 de setembro de 2008 15:44  
Blogger Rafaela Oliveira disse...

Realmente não ter lugar pra guardar a bicicleta é um problema,no meu colégio muitos alunos vão de bicicleta e as vezes são tantas que umas tem que ficar sem ser trancadas.
Se o IPVA diminuísse pra quem carrega a cota total de passageiros provavelmente estimularia os motoristas a dar carona,e além do quê empregaria mais gente pra fiscalização,todo mundo sairia ganhando.

ps: Eu sou de Goiânia.

14 de setembro de 2008 16:08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial